domingo, 22 de abril de 2018

DICA DO DIA- ONDE COMPRAR MATERIAIS DE ARTESANATO

           Hoje vou indicar uma loja bem legal para vocês comprarem materiais de artesanato. 
                                                             Em Belo Horizonte

Tem muita coisa bacana, diversificadas e para várias técnicas

                                                      Peças para pintar e bordar

                                                     Materiais de pintura
Papéis diversos
                                                              Peças em MDF

Espero que gostem da dica. Até a próxima!!

segunda-feira, 5 de março de 2018

Como dar as peças um aspecto metálico envelhecido

Tutorial para decorar peças de aparência de metal

Como decorar as peças com aspecto metálico. 
É simples de fazer e é uma questão de prática para que você melhore
Estes são os materiais que usei, embora você possa usar suas próprias pinturas e suportes para decorar. 
Existem quatro cores de tinta acrílica:
  • Tom de água marinha que é como uma turquesa macia
  • caramelo 
  • óxido marrom
  • Amethyst, que é como um cinza forte
Para espalhar as cores, usei esponjas.
E os objetos para decorar, eu usei as matrizes cortadas em papelão grosso.



Eu começo a pintar a peça com esponja com a cor ametista, e não cobrir tudo com apenas uma cor, mas fazer montagens de cores com todas as pinturas.
Próxima cor da ferrugem marrom em certas áreas ...
Eu continuo com o tom cobrindo áreas não pintadas.
E a última cor é turquesa.
Primeira rodada de cores concluída.

Agora repito todo o processo, de modo que as cores sejam integradas e isso assume a aparência de uma parte de metal enferrujada.
e para proteger tudo o que você pode usar cera incolor ou verniz 
A peça está pronta para usar onde quiser.

É muito realista e dá muita jogada o trabalho.
Cada pessoa pode adicionar mais de uma cor ou outra de acordo com o gosto, como eu disse antes de praticar até obter o tom desejado.




REPAGINANDO MÓVEIS - 3° MÓDULO MOVEIS PINTURA EM MDF

              Resultado de imagem para MDF
O queé MDF e qual a diferença com uma madeira maciça, aglomerado ou compensado.
A madeira do tipo MDF é produzida com fibras de madeiras florestais ecologicamente corretas. Estas fibras são unidas através de uma resina sintética e compactadas junto com a ação de pressão e calor em uma prensa de ação contínua. Este processo resulta num produto mais resistente à usinagem do que o aglomerado, podendo ser torneado e entalhado; abrindo um grande leque de aplicação para este tipo de madeira.
Apesar de não ser totalmente imune à água, o MDF é mais resistente à umidade do que o aglomerado; porém não é mais resistente à umidade do que o compensado. Vamos para a pintura em MDF.
PASSO 1  PREPARO
Se MDF nunca foi pintada, ele deve ser lixada com lixa fina. Uma peça de MDF terá partes da chapa mais lisa que as outras partes da madeira onde ela foi cortada. Estas partes lisas também devem ser lixadas para melhorar a aderência da tinta na madeira. Com o lixamento, também é possível o acerto da peça nos locais de emenda ou corte; melhorando o aspecto visual da mesma. Use lixa para madeira 300 ou mais fina.

PASSO 2  LIMPEZA

Remova todo o pó gerado na etapa de lixamento, usando um pano seco ou um aspirador de pó.

PASSO 3  APLICAÇÃO DE BASE 

Aplique um fundo preparador para madeira, caso for usar tinta a óleo ou esmalte, para acabamento. Aplicar selador para madeira, caso for usar verniz para o acabamento. Espere secar. Verifique o tempo de secagem para lixamento da tinta de fundo usada; e faça um lixamento leve superficial, para garantir uma boa aderência da próxima demão. Terminado o lixamento, faça uma limpeza com pano seco, removendo todo o pó gerado.
PASSO 4  REPAROS OU NIVELAMENTO
Caso seja necessário reparos ou nivelamento da madeira, aplique massa própria para madeira, com o auxílio de uma espátula flexível ou desempenadeira de aço, corrigindo assim todas as imperfeições. Aguarde a secagem total da massa e lixe novamente para nivelar a superfície. Atenção para a compatibilidade da massa com a tinta usada anteriormente. O ideal é que a massa seja a indicada pelo fabricante das tintas aplicadas.
PASSO 5  APLICAÇÃO DA TINTA DE ACABAMENTO
A tinta para madeira MDF é a mesma para ser aplicada em qualquer madeira. Gostaria de esclarecer que não existe tinta especial para MDF.
Ao escolher o verniz ou tinta a ser aplicada, o produto escolhido deve ter 2 características muito importantes para que o seu trabalho não seja perdido:
Deve ser compatível com a tinta de fundo e com a massa; caso esta última tenha sido usada;
Deve ser adequada ao ambiente onde a peça vai estar; se é ambiente interno ou externo.
Aplique 2 demãos de tinta ou verniz de acabamento. Após aplicação da primeira demão, aguarde o tempo de secagem para lixamento; informado pelo fabricante; e promova um lixamento leve usando lixa fina. Remova todo o pó gerado com pano seco ou aspirador de pó e aplique a segunda demão.
Dica final
Antes da dica final, quero lembrar que escrevi um e-book onde você pode aprender como reformar uma porta de madeira maciça, é gratuito, para receber o link no seu e-mail é só cadastrar na página, clique aqui.
Para finalizar fica a dica de, na hora de escolher a tinta ou verniz e a massa; adquira todos do mesmo fabricante e verifique se o fabricante permite a aplicação de um produto sobre o outro. Isto vai evitar problemas de incompatibilidade de tintas na sua pintura.
Para sua proteção, fica a recomendação de usar os EPIs (equipamentos de proteção individual) adequados a cada trabalho sendo eles:
Óculos de proteção
Luvas de borracha
Máscara para pó
Máscara para vapores orgânicos

REPAGINANDO MÓVEIS - 2° MÓDULO MOVEIS DE MADEIRA OU MDF

Resultado de imagem para patina provenzale in italia
Nas técnicas de pintura em móveis de madeira o que varia é a peça que você quer dar cara ''nova''.

Material para fazer a pátina provençal Se seu móvel é entalhado e torneado, então é provável que tenha um acabamento antigo de cera, verniz ou outro. Lixe e lixe até chegar ao ''osso'' da madeira, deixe-a crua. 
Lixe com a lixa mais grossa. Não esqueça das frestas, dobras e relevos. Limpe a poeira e lixe uma segunda vez com a lixa média. Limpe bem novamente e lixe pela terceira vez com a lixa fina. Lave a peça e deixe bem limpa.

As vezes a madeira quando pintada, mesmo lixado no osso, solta uma resina amarelada manchando a tinta. Se acontecer, aplique goma laca antes de pintar.
Resultado de imagem para goma laca A goma laca irá selar a madeira


Com o pincel redondo passe a base PVA branca em toda a peça. Não precisa ficar perfeito, mas não deve ficar nenhuma fresta em madeira. Pinte os relevos e os buracos. Espere secar de 3 a 5 horas, na sombra.
Passando a base primer na madeira
Depois de seco lixe novamente com a palha de aço. Ela é muito fina e vai retirar qualquer marca de pincel, deixando a superfície lisa para receber a tinta. Limpe bem com um pano úmido.

Lixando as superfícies, bordas e quinas para a pátina
Depois de bem seco, lixe com a palha de aço. Vá retirando as camadas de tinta, com menos força onde deseja que o branco permaneça, e com mais força onde deseja que a madeira venha à tona. É isso que dará “idade” ao seu objeto.

Ressaltando o aspecto envelhecido com tinta diluída
Dilua um pouco da sua tinta mais clara em água. Com o pincel largo dê pinceladas no objeto e imediatamente limpe o excesso com um pano seco. Vai parecer que está manchando, mas é esse mesmo o efeito que queremos.
Desgastando as superfícies
Depois de bem seco, use a lixa fina para desgastar os relevos, bordas e quinas do seu objeto, deixando a madeira novamente aparente. Ao terminar você terá muitas nuances de cores, da madeira até a cor mais clara.

A sua peça está pronta. Não é necessário passar verniz, pois a pátina provençal não usa esse acabamento, mas se você fizer questão, use verniz a base de água. 
                                 Resultado de imagem para pátina provençal

A Pátina provençal apresentada em aula, foi a com o uso de vela, que pode ser aplicada em peças mais planas, lisas, sem entalhes. 
Aqui o segredo é sempre caprichar no preparo da peça lixando bem, na limpeza entre as etapas e nesse caso não esquecer de lixar somente num sentido, para não marcar a peça e ter que recomeçar do zero. Outra dica é não usar verniz amarelo, afinal o efeito provençal exige um acabamento bem branquinho.

              Resultado de imagem para pátina provençal        Resultado de imagem para pátina provençal

Não importa qual a técnica de pátina que você vai usar, lembre sempre que tudo começa com uma superfície bem limpa. Se você pensa em fazer pátina num móvel que já tenha uma cobertura, de tinta, verniz ou cera, lembre-se de que terá que retirar toda ela antes de começar a patiná-la. Nesse caso, use o removedor adequado para o produto que quer retirar e deixe sua peça limpinha para começar.
Outra dica é fazer um teste numa pequena superfície escondida do seu móvel, para não se aborrecer depois. Teste, confira se deu tudo certo e depois, mãos à obra.
Resultado de imagem para tampo mesa patina provençal
Lembrem que vocês podem usar as cores que desejarem para essa técnica, mas o estilo provençal usa obrigatoriamente o branco como cor predominante.
Imagem relacionada
Dicas extras: 
Troque o cinza claro por azul ou tons pastéis.
Para iniciar uma pintura com exceção da pintura em máscara de stencil, molhe o pincel, passe de um lado para o outro para tirar o excesso no papel toalha e aí sim vá até a tinta e comece a pintar.
Se você aplicar muitas camadas de tinta por alguma razão, então lixe as superfícies e bordas com uma lixa mais grossa. 
Não tenha pressa ao preparar a madeira para a pintura. É provável que este seja o passo mais negligenciado e muitas vezes o mais crucial. A tinta não irá reparar rachaduras, saliências, buracos e outras imperfeições na madeira e nem mantê-las escondidas depois de secar. Na verdade, é provável que essas imperfeições fiquem ainda mais aparentes..
Remova a pintura antiga da madeira, caso exista. Se a madeira que você quer pintar já estiver pintada, você precisará remover essa tintura antes de adicionar uma nova camada. Use uma espátula rígida para retirar a tinta existente. Não se preocupe com imperfeições, pois antes de terminar a preparação você deverá lixar toda a superfície da madeira.
  • A menos que a superfície em questão tenha uma pintura à base de óleo, não utilize removedores químicos. Raspe o máximo que puder e depois use uma solução de fosfato trissódico para limpar o resto do resídio de tinta e sujeira. Lave bem.
  • Se a sua madeira possuir alguma mancha ou acabamento, aplique nela a solução de fosfato trissódico. Ao invés de tentar remover a mancha e o acabamento completamente, foque em limpar e lixar a madeira, de maneira a dar a tintura uma superfície porosa para se aderir.
  • Lixe a superfície da madeira com uma lixa grossa e termine com uma lixa fina.Primeiramente, lixe a área onde você usou massa ou enchimento antes do resto da superfície para obter uma textura mais uniforme. Com uma lixa fina (#80 ou #100) certifique-se de remover a tinta que ainda está na superfície. Por fim, utilize uma lixa #150 ou superior para alisar a superfície e deixá-la pronta para a aplicação do primer. Lembre-se de passar a lixa na direção dos veios da madeira, e não contra ela.
    • Durante este processo, o seu melhor aliado será uma lixadeira orbital, especialmente se você planeja pintar uma quantidade alta de madeira. Caso não possua uma lixadeira orbital ou de eletricidade, você poderá usar um bloco de lixar, mas este irá gastar muito mais tempo e esforço.
    • Caso não haja outra saída, você pode usar uma lixa normal manualmente. Apenas tenha em mente que, dependendo da quantidade de madeira que você deve pintar, este processo poderá ser extremamente trabalhoso e demorar bastante tempo.
    • Limpe qualquer poeira ou resíduo de madeira. Se você tiver um aspirador, aspire a superfície da madeira cuidadosamente e, em seguida, passe um pano úmido para retirar as sobras. Se você não tiver um aspirador, limpe o pó ou resíduos com um pano seco, terminando com um pano úmido. Aguarde até que a madeira seque completamente.
    Independentemente do tipo que você escolher, utilize tintas e pincéis de alta qualidade.

    • Algumas pessoas podem querer usar um pincel de espuma para os seus projetos, mas eles penetram menos a tinta e deixam mais bolhas de ar do que os pincéis de cerdas.
    • Molhe o pincel com a tinta. Mergulhe um terço do pincel na tinta de sua escolha. Bata o pincel de um lado da lata de tinta, vire-o em 180 ° e bata do outro. Dessa forma, o pincel deverá ter a quantidade correta de tinta para cobrir uma boa área.
    • Use um pincel seco para passar suas pontas ao longo da tinta. Este processo é chamado de "pentear" e ajuda a cobrir bem a área e minimizar a visibilidade dos traços. Os traços desaparecerão à medida que a tinta se secar, por isso, é importante que a tinta seque lentamente.
Resultado de imagem para patina provenzale in italia
Resultado de imagem para patina provenzale in italia DECAPÉ 
palavra francesa "decapé", refere-se ao termo "decapagem" e explica que " é um processo químico capaz de remover a camada de tintas ou corantes superficiais ".
L'effetto decapè esalta l'anticatura degli oggetti di arredo
Resultado de imagem para patina provenzale in italia
Shabby Chic





REPAGINANDO MÓVEIS - 1° MÓDULO MOVEIS PLÁSTICOS

Como prometido, irei colocar as dicas aqui hoje do curso de repaginação de móveis. 
Irei dividir as dicas em módulos de acordo com a técnica, ok?? 
Vamos lá...
A primeira DICA será da pintura de móveis plástico com efeito metalizado, dando aquele ar de estilo industrial.
Manuseando a tinta spray:

                                Resultado de imagem para tinta spray

       
1

Junte os materiais. A tinta spray está disponível em dezenas de marcas e centenas de cores, por isso, dê uma olhada nas suas opções para ver o que vai atender às necessidades do seu projeto. Você também precisará de alguns outros suprimentos para fazer um trabalho de pintura profissional. Antes de começar, você vai precisar de:
  • Tinta spray na cor de sua escolha;
  • Primer;
  • Jornal, um pano velho ou uma lona plástica para proteger o piso e outros itens ao redor daquele que você vai pintar;
  • Fita para pintura;
  • Luvas descartáveis, óculos de segurança e um respirador.
2
Prepare o local de trabalho. Sempre que for pintar com spray, trabalhe ao ar livre, em uma área bem ventilada. Os gases liberados pela tinta podem prejudicar o sistema respiratório. Saiba que a tinta não vai ter uma boa aderência se estiver muito frio ou muito úmido lá fora, portanto, espere por um momento em que a umidade do ar esteja abaixo de 65% e o clima esteja ensolarado e quente.
  • Coloque o jornal, o pano ou a lona no chão. Se estiver trabalhando ao ar livre, use pesos, como pedras, para evitar que os materiais de proteção saiam voando com o vento. Espalhe as coberturas em uma boa área, ou seu quintal e sua garagem podem acabar com uma leve camada de cor da tinta.
  • Aplique a fita nas áreas que não deseja pintar. Veja se as bordas estão bem coladas à superfície, evitando que a tinta vaze por baixo delas.
  • Coloque o equipamento de proteção. Antes de começar a pintura, coloque o respirador, os óculos de segurança e as luvas descartáveis. Os óculos vão ajudar a proteger você caso a tinta seja soprada na direção do seu rosto, e, como ela é tóxica, as luvas descartáveis e o respirador são necessários. Coloque tudo antes de começar a pintura.
    • Os respiradores podem custar caro, mas qualquer valor é bem mais barato do que consultar o médico por causa de problemas respiratórios mais tarde.
    • Se você se sentir tonto, enjoado ou com dificuldade para respirar, mesmo que só um pouco, pare e descanse. Lembre-se, sua saúde e sua segurança são sempre mais importantes do que o projeto.
3
Use cavaletes para erguer o item. Se for pintar um objeto que possa ser erguido por cavaletes, use-os para suspender o item no ar. Isso facilitará a aplicação da tinta spray, já que assim você não precisará se abaixar tanto. Colocar o objeto sobre os cavaletes também facilitará o alcance de áreas que ficariam difíceis de alcançar com ele no chão

4
Para objetos pequenos, monte uma caixa de pintura. Se for pintar um item pequeno, você pode colocá-lo dentro de uma caixa deitada de lado. Em seguida, aplique a tinta na caixa para pintar o objeto, diminuindo as chances de que a tinta atinja outras superfícies próximas. Você também pode colocar os itens em um pedacinho de papelão ou em um prato giratório dentro da caixa para facilitar na hora de girar e pintar.

5
Limpe a superfície do objeto. A tinta não aderirá a superfícies empoeiradas, engorduradas ou sujas. Separe alguns minutos para limpar a sujeira que estiver presa à superfície do material que você pretende pintar.
  • Você pode usar somente um pano úmido ou aplicar um multiúso se a superfície estiver bem suja. Só não se esqueça de secá-la completamente antes de aplicar a tinta.
  • Se houver algum resíduo grudento na superfície do objeto, como os restos de uma etiqueta de preço, raspe esse resíduo e use um multiuso para remover o resto.
  • Você também pode usar uma folha de lixa para alisar as superfícies mais ásperas. Isso ajudará a dar um acabamento liso à superfície pintada.
6
Aplique o primer primeiro. Agite a lata de primer por cerca de três ou quatro minutos antes de usá-la. Em seguida, comece a passar o produto ao longo do objeto que pretende pintar. Aplique uma camada uniforme de primer no objeto inteiro e espere o produto secar completamente. Leia a lata do primer para saber quanto tempo a secagem vai levar.
  • Você só precisa aplicar uma demão de primer antes de pintar o objeto.
  • A aplicação desse produto antes da pintura ajuda a garantir que a tinta tenha um acabamento uniforme. Caso contrário, você pode precisar de várias camadas de tinta spray para obter o mesmo efeito.
7
Agite bem a lata. Agite a lata de tinta por cerca de três a quatro minutos antes de começar. Isso ajuda a garantir que a tinta esteja bem misturada, o que é essencial para que a cor seja consistente durante a pintura do objeto.
  • Prefira pecar pelo excesso do que pela falta. Nada vai dar errado se você agitar demais a lata, mas sim se agitar de menos.
8
Faça um teste. Comece aplicando a tinta em uma área mais escondida do objeto ou em um pedaço de madeira ou papelão qualquer. Assim, você terá uma ideia de como a tinta vai ficar quando você pintar o item. Também será possível testar qual distância gera o efeito de pintura desejado.

9
Aplique uma demão em todo o projeto. Passe a tinta devagar ao longo da superfície do item para obter uma cobertura uniforme. Não mire o bico em apenas um ponto. Além disso, sobreponha um pouco cada uma das aplicações para não deixar falhas entre as áreas pintadas.
  • Segure a lata de tinta a cerca de 20 cm do objeto e mova-a de um lado para o outro devagar, mais ou menos 30 cm por segundo.
  • Não aplique uma camada grossa, pois a tinta pode escorrer e ficar grudenta por mais tempo. Isso também aumenta a chance da pintura ficar borrada. Em vez disso, passe várias camadas leves de tinta no objeto e deixe cada uma delas secar bem antes de aplicar outra.
  • Tenha em mente que a primeira demão provavelmente vai ficar manchada e deixar a cor original aparecer, mas você vai cobrir as partes manchadas com a segunda demão de tinta.
10
Deixe a primeira demão secar completamente. A maioria das tintas em spray exige no mínimo 24 horas de secagem antes da aplicação da segunda camada.Não acelere o processo. É melhor ser paciente e deixar a tinta secar bem antes de aplicar mais.

11
Deixe a segunda demão secar. Dê 24 horas para a segunda camada de tinta secar. Em seguida, tire a fita que tiver usado para proteger algumas partes do objeto. Jogue fora ou guarde as lonas e os jornais e armazene o resto de tinta em um local seco e limpo.

12
Passe uma demão de acabamento, se desejado. A maioria dos itens pintados com spray não precisa de acabamento, a menos que seja usada com frequência. Mas você pode aplicar uma demão de acabamento a qualquer item que pintar com spray. Compre um acabamento em spray incolor e aplique uma camada leve sobre o item pintado depois que este secar completamente. Em seguida, deixe secar por pelo menos 24 horas e aplique outra camada, se quiser.
  • Aguarde até a última demão de acabamento secar por completo antes de encostar no objeto ou movê-lo de lugar.
  • Lembre-se de que a aplicação do acabamento é opcional. Se estiver contente com a aparência do objeto depois da aplicação da tinta, não se preocupe em aplicar um acabamento.


 Peça de Pinus ou eucalípto cru para 
assento Aqui na madeira poderemos aplicar muitas técnicas ensinadas em aula para decorar o assento.




Foto 1 - Banqueta Niterói Tramontina


 Efeito final (banco Soho original em metal)


Efeito enferrujado
Banco plástico








Resultado de imagem para pintura com efeito enferrujado Pintura efeito metal envelhecido. Para sobreposição de tinta, lembrem-se das nuvens de spray.